Entendendo a tábua de marés para curtir as piscinas naturais

Uma coisa im-por-tan-tís-si-ma para todos os visitante de Porto de Galinhas: entender a tábua de marés.

A maré é influenciada pelas fases da lua, local e horário em questão e para aproveitar legal as praias, vale checar antes!

Quem vai curtir as piscinas naturais de Porto de Galinhas tem que ir na maré baixa, seca. É importante checar diariamente, uma vez que sempre vai existir uma diferença de cerca de 30 minutos nos horários da maré de um dia para o outro.

Fizemos um gráfico para ajudar a entender!

tabua-das-mares-04-04-04

A maré alta está marcada com as “setinhas” para cima e a maré baixa, para baixo. Em Porto de Galinhas, a escala varia, geralmente, entre 0.0 (mínima) e 2.5 (máxima).

Se você pretende conhecer a famosa piscina natural em forma de mapa do Brasil na quinta-feira, por exemplo, se prepare para a parte da manhã, quando a maré estará baixinha às 08h. Às 14:11 seria impossível visualizar esse presente que a natureza emprestou para Porto de Galinhas.

Como existe uma variação diária da maré, o segredo é checar diretamente no site da Marinha no Porto de Suape. É só clicar aqui que a gente te manda diretamente pra lá! Mas se você for desses que gosta de tudo na mão, é só checar na recepção do Hotel Armação ou do Kembali Hotel. Todos estarão prontos para te ajudar.

Então estamos combinados, né? Ninguém tem desculpa para perder um dos passeios mais incríveis da região!

Praias em Porto de Galinhas

Não é difícil compreender os motivos pelos quais Porto de Galinhas é o destino preferido para quem vem a Pernambuco. São 18km de faixa litorânea, praias de beleza sem igual e hospedagem pé-na-areia.

Muro Alto, Cupe, Maracaípe e o Pontal, onde o mar encontra o rio Maracaípe, são as praias que fazem desse litoral o desejo de quem quer dias de sol e relaxamento.

Em Muro Alto, um grande paredão de arrecifes divide o mar de ponta a ponta formando uma extensa piscina natural. Com 2km de extensão, os arrecifes da praia são um dos mais famosos cartões-postais do município. A água calminha torna o lugar perfeito para a prática de stand up paddle (tem como alugar um SUP lá mesmo) e também para levar as crianças! 🙂

praia muro alto
Praia de Muro Alto! Mar calmo e quentinho!

 Na seqüência, está a praia do Cupe, com mar de água transparente, onde muitos praticam o surf e mergulham pra ver peixinhos e corais.

praia-do-cupe-porto-de-galinhas

Mergulho praia do Cupe Porto de Galinhas

Na vila de Porto de Galinhas os turistas podem curtir a praia e as piscinas naturais. Um paredão de recifes de corais forma as famosas piscinas naturais, que atraem turistas do mundo inteiro. As piscinas são de fácil acesso e podem ser visitadas também de jangada. O custo é de R$ 25,00. O jangadeiro leva os turistas até a famosa piscina em forma do mapa do Brasil e ainda dá ração para você atrair os peixinhos. Lodo depois ele faz uma parada em outra piscina natural para todos mergulharem entre peixinhos coloridos. Se tiver snorkel, leve! A experiência é muito legal!

Piscinas Naturais Porto de Galinhas

Não pode esquecer sandália para proteger os pés dos ouriços incrustados nas pedras. Vale um passeio de jangada para curtir as piscinas mais distantes da faixa de areia. É bacana observar a tábua de marés e fazer o passeio na hora da maré baixa.

Maracaípe (Maraca pros íntimos) é território da galera mais jovem e dos que buscam ondas perfeitas para o surf. Lá a prática do esporte é realizada o ano inteiro, com ondas mais fortes de junho a setembro. Lá tem opção de bons restaurantes, com cardápio excelente de frutos do mar.

coqueirais-maracaipe-porto-de-galinhas
Coqueirais lindos de Maraca!

Uma coisa que vale muito a pena fazer é uma caminhada até o Pontal de Maracaípe para mergulhar no encontro das águas do mar com o rio Maracaípe.

No Pontal fica o berçário natural dos cavalos-marinhos, uma área de preservação ambiental. Jangadeiros conduzem o turista a experiências únicas em contato com a natureza, o rio, os manguezais e os espécimes quase em extinção. Quem quiser conhecer um pouco mais dos hábitos dos cavalos-marinhos, pode visitar também o Projeto Hippocampus. Trata-se de um centro de pesquisa pioneiro no Brasil no estudo da espécie e tem contribuído para o desenvolvimento saudável dos manguezais de Maracaípe.

pontal-de-maracaípe-porto-de-galinhas

No mangue é possível fazer um surfari, com Stand Up Paddle (SUP). Por causa dos ventos, o mês de agosto atrai muitos praticantes do kite-surf ao Pontal. Muitas velas são vistas passeando pelas ondas da praia. Uma coisa linda de se ver!