O que fazer em Porto de Galinhas?

Quem passa uns dias em Porto de Galinhas sabe bem o porquê da praia ser heptacampeã como a melhor do Brasil. Uma completa rede de serviços, infra-estrutura com acesso facilitado e vila revitalizada, além de uma rede hoteleira de alto nível e diversas opções gastronômicas.

Em Porto de Galinhas, só fica parado quem quer. Seja para curtir a brisa marítima da areia da praia ou simplesmente observando o vai-e-vem de pessoas na vila, confortavelmente sentado em um dos restaurantes, bares ou café na praça das piscinas naturais.

praia-muro-alto

De dia, a dica é conferir a tábua das marés antes de ir fazer o passeio de jangada até as piscinas naturais. Quanto mais rasinha, melhor (a gente tem um post aqui no Blog falando sobre isso). O tour para ver os peixinhos dura tempo suficiente para se tornar inesquecível. De todas as cores e tamanhos, os peixinhos circulam sem cerimônia pelos arrecifes de corais. Um das piscininhas que mais chama a atenção é a que tem o formato do mapa do Brasil. Acredite!

porto-de-galinhas
Passeio de jangada nas Piscinas Naturais de Porto de Galinhas.
piscinas-naturais-porto-de-galinhas
Peixinhos coloridos nas Piscinas Naturais. Você pode dar comida na boca deles! 🐠 🐠

Sim, de fato em Porto de Galinhas não faltam passeios ecológicos. Afinal, que Porto de Galinhas é a terra dos peixinhos coloridos todo mundo já sabe, mas poucos ouviram falar em desova de tartarugas.

tartaruguinhas-porto-de-galinhas.jpg
Todo mundo parou pra ver a eclosão do ninho na frente do Kembali.
tartaruguinhas-ecoassociados-porto-de-galinhas.jpg
Equipe do Ecoassociados monitorando o nascimento das tartaruguinhas.
tartaruguinha-porto-de-galinhas.jpg
Lá vai a tartaruguinha! 💚

O projeto Ecoassociados é responsável pelos cuidados com os bichinhos. São monitoradas as rotas das tartarugas marinhas nos 26km do município de setembro a março. Além disso, profissionais capacitados auxiliam a eclosão no período de desova para que as espécies sobrevivam. Os hóspedes que ficam no Hotel Armação e no Kembali, na praia do Merepe, tem o privilégio de ter ali pertinho um local de desova de tartaruga.

Onde comer em Porto de Galinhas?

img-post-002-onde-comer-porto-de-galinhas

 

Depois de rodar o dia todo, você certamente vai querer aproveitar o resto do dia em um dos restaurantes-sensação do balneário. Mas se você acredita que praia só combina com o bom e velho tira-gosto ou com picolés e biscoitos, é porque ainda não experimentou as sensações e o paladar refinado oferecido pelos restaurantes de Porto de Galinhas. Sim, o charme de um balneário vip também está ainda na culinária oferecida a seus ilustres visitantes. É, Porto de Galinhas também vai conquistá-lo pelo paladar.

Opções não faltam como os de frutos do mar Barcaxeira, Peixe na Telha e Beijupirá. Tem ainda o La Tratoria, que serve deliciosas massas italianas. Para quem gosta de curtir a noite em um clima de mais descontração, a dica é o Fiteiro, um barzinho muito freqüentado por jovens. Outro que vale uma paradinha estratégica é o Café do Brasil, na praça principal da praia. Mas se a pedida for uma confraternização com a família ou com os amigos numa tarde de sol no sábado com um pouco mais de estilo e sofisticação, vá para o Domingos, que serve uma feijoada no capricho, possui um cardápio diversificado e uma extensa carta de vinhos.

barcaxeira-porto-de-galinhas
O BarCaxeira serve delicioooooosos escondidinhos de macaxeira. Parada obrigatória!

A La Crêperie também conta com um cardápio bacana e agrada os visitantes com crepes, saladas, massa e entradas. O Espetinhos Comedoria hoje tem três lojas espalhadas na vila de Porto de Galinhas e oferece uma variedade grande de carnes, queijo e pão no espeto. A Tapioca da Praia vende a menina dos olhos dos turistas, a tapioca, que vem em sabores doces e salgados. Pra acompanhar, um café coado esperto.

la-creperie-porto-de-galinhas
Os apaixonados por crepe vão adorar o La Crêperie!

Soverterias como a FriSabor e a Parmalat Gelateria também têm lojas na cidade.

Se você é daqueles que se joga numa viagem, é fã de um turismo gastronômico, então vai adorar os sabores de Porto de Galinhas!

Como chegar a Porto de Galinhas?

img-post-como-chegar-porto-de-galinhas

O destino mais quente do verão. Água morna e límpida, sol o ano inteiro. E ainda com fácil acesso. Assim é Porto de Galinhas, distante 50 quilômetros do Recife e paraíso dos turistas que chegam a Pernambuco. Carro alugado, ônibus, táxi, transfer ou um desses aplicativos modernos que se encontram disponíveis nos aparelhos celulares dos conectados são algumas boas opções para quem quer curtir o litoral Sul. Há quem vá também de bike ou prefira um trekking. Mas vamos às sugestões mais práticas aqui, não é?

De carro – acesso pela BR 101 sul e via pedagiada, que encurtou o caminho para Porto e evita o engarrafamento dos municípios de Cabo de Santo Agostinho e Ipojuca. A rota pedagiada custa R$ 6,00 o veículo comum e segue até quase Nossa Senhora do Ó, distante 11 quilômetros de Porto. Nesse ponto, o turista já começa a avistar o coqueiral que compõe o litoral de Pernambuco. O acesso não é complicado e as estradas estão duplicadas e em bom estado. É bacana ficar com veículo disponível em Porto de Galinhas, principalmente quem quer fugir do “basicão” das piscinas naturais e deseja se aventurar em outras praias da região.

O mapinha abaixo te deixa na porta do Hotel Armação. Se quiser seguir até o centro de Porto de Galinhas, é só passar direto do retorno que fica no final do trajeto!

Existem várias locadoras de veículos no aeroporto do Recife, todas no piso térreo. Em pesquisa feita recentemente, um modelo básico tem valor inicial de R$ 69/diária. Para facilitar a vida de vocês, vou colocar logo abaixo os telefones e horário de atendimento de cada uma:

Avis – (81) 3322-4016 – das 06h à 00h

Localiza – (81) 3341-2082 – 24 horas

Unidas – (81) 3461-4661 – 24 horas

Movida – (81) 3322-4895 – 24 horas

Hertz – (81) 3338-2103 – 24 horas

Em menos de 1 hora, voilà! Você chegou ao seu destino. 🙂

De ônibus – existe linha específica que faz Recife-Porto de Galinhas que é a Viação Cruzeiro, com opção mais básica (R$ 7,60) e executivo com ar-condicionado (R$ 11,00). Os intervalos para a saída dos ônibus são curtos e há um ponto de passageiros na saída do aeroporto do Recife e no Cais de Santa Rita no centro da cidade. Esse ônibus vai direto para Porto de Galinhas.

Taxi ou transfer – Outra comodidade para o turista é pegar um táxi logo no aeroporto do Recife. O táxi comum tem bandeira 01 que varia entre R$ 125 e R$ 137.

Outra forma segura e prática é acertar o transfer antes da viagem, com o hotel onde irá se hospedar ou direto com operadoras de turismo. A Pontual Turismo oferece o serviço de transfer e cobra o valor de R$ 140 ida e volta por passageiro (valores de agosto de 2016). A Luck Turismo também oferece o serviço e tem transporte compartilhado no valor de R$ 79 por passageiro, de van, ônibus ou microônibus. Em veículo privativo a Luck cobra R$ 375, com exclusividade do veículo.